MACAR

Monitoramento Ambiental Comunitário de Áreas de
Risco de Deslizamentos nos Morros Urbanos de Antonina

Deslizamento março 2011

Deslizamentos ocorridos em março de 2011 no Bairro da Laranjeira – Antonina – PR. O cenário deste bairro que já foi ponto turístico, após os deslizamentos é como o de um bairro bombardeado.

O projeto MACAR nasceu da necessidade de orientar a população urbana de Antonina nas evacuações em situações de emergências de deslizamentos e enchentes, trabalho realizado pela Defesa Civil. Assim como orientar as pessoas que moram em áreas de riscos sobre formas de mitigar os deslizamentos e monitorar as encostas e taludes próximos de suas residências. Este projeto integra estagiários contratados e voluntários do Curso Técnico do Meio Ambiente de Antonina com a equipe técnica da ADEMADAN e rede de parceria de Antonina que atuou durante o período de emergência em razão dos deslizamentos ocorridos nos morros urbanos, durante os meses de março e abril de 2011. Segundo relatório da MINEROPAR (2011),foram cadastrados 64 pontos de deslizamentos.

Deslizamentos no Bairro da Laranjeira

Deslizamentos no Bairro da Laranjeira

Parceria: Centro Estadual de Educação Profissional Brasílio Machado – Ensino Médio e Profissionalizante (Antonina)

Apoio Financeiro: Instituto Ambiental do Paraná, Cattalini Terminais Marítimos e Terminais de Contêineres de Paranaguá

Objetivo Geral

A partir de diagnóstico das moradias e moradores das áreas de riscos de deslizamentos nos morros urbanos de Antonina, desenvolver campanhas educativas comunitárias para mitigar os riscos e otimizar planos de evacuações em situações de emergências

Objetivos Específicos

  • Estabelecer uma rede de parceria para elaborar o questionário diagnóstico das áreas de riscos;
  • Diagnosticar os moradores das áreas de riscos;
  • Diagnosticar os riscos nos terrenos e moradias nas áreas onde ocorreram deslizamentos;
  • Orientar os moradores para mitigar os deslizamento em áreas de riscos;
  • Orientar os moradores de áreas de riscos para situações de emergência e evacuação;
  • Criar um banco de dados (BD) georreferenciado das moradias e comunidades das áreas de riscos de deslizamentos;

Embora pouco divulgado, os deslizamentos ocorridos em março e abril de 2011 nos morros urbanos de Antonina é um marco divisor para o Planejamento Urbano do município, uma vez que grande parte da ocupação se encontra em área de risco se não de deslizamento também de enchentes. O texto abaixo reflete esta realidade, foi extraído do relatório feito pela Mineropar durante o período de emergência.

Nos bairros Quilômetro Quatro e Laranjeiras, nas ruas Guarapirocaba e Leovegildo de Freitas, assim como nos denominados Beco da Viúva e Buraco da Onça, recomendamos interditar em caráter definitivo as áreas de risco para uso e ocupação permanente, principalmente para fins residenciais. Vários desses locais podem ser utilizados como áreas de lazer ou de serviços públicos, tais como praças e canchas de esportes. Este reaproveitamento deverá ser precedido de estudos e execução de obras de engenharia, tendo em vista garantir a segurança dos usuários (MINEROPAR, 2011).

A continuidade do projeto MACAR depende de conseguirmos patrocínio para construir um laboratório de Solos, a fim de monitorar a umidade nas vertentes de risco nos Morros Urbanos de Antonina. Para saber mais conheça o site do projeto:


Patrocinadores:

Parceiros:

  

 

Como Apoiar
facebook-2048-black
fb-botao
Blog
Canal ADEMADAN
Canal ADEMADAN